Doutor Samir Abdel Latif - Clínica Médica | Endocrinologia    
Doutor Samir Abdel Latif - Clínica Médica | Endocrinologia
Diabetes Mellitus
Hipoglicemis
Tireóide
Obesidade
Hipertensão
Dicas de Saúde
Dietas
Tabela de Calorias
Doutor Samir Abdel Latif - Clínica Médica | Endocrinologia
 

Obesidade

Definição:

 

A Obesidade é considerada pela OMS como uma doença, caracterizada pelo excesso de massa gorda (gordura) em um indivíduo, sendo considerado normal que um indivíduo apresente cerca de 20% do seu peso, em massa gorda. A massa magra corporal é formada pelos órgãos, músculos, ossos e água muscular. Representa cerca de 80% de seu peso. O excesso da massa gorda está relacionado à ingestão calórica maior que a queima calórica. A obesidade pode ter características genética-hereditárias, ou ainda estar relacionadas à certas doenças.

 

A obesidade é fator de risco para uma série de doenças ou distúrbios que podem ser:
Doenças: Hipertensão arterial, Doenças cardiovasculares, Doenças cérebro-vasculares, Diabetes Mellitus tipo II, Câncer, Intolerância à glicose, Osteoartrite, Coledocolitíase.

 

 

Distúrbios: Distúrbios lipídicos, Hipercolesterolemia, Diminuição de HDL ("colesterol bom"), Aumento da insulina, Distúrbios menstruais/Infertilidad,e Apnéia do sono.
Assim, pacientes obesos apresentam severo risco para uma série de doenças e distúrbios, o que faz com que tenham uma diminuição muito importante da sua expectativa de vida, principalmente quando são portadores de obesidade mórbida.

 

Diagnóstico:


Atualmente utilizamos 2 medidas para avaliar a obesidade e o nível de risco quve uma pessoa pode apresentar. São elas o IMC (Índice de Massa Corporea) e a Circunferência Abdominal.

O IMC é dado atrvés da equação: IMC = Peso Atual (em kg) /Altura² (em m).

 

IMC ( kg/m2)

Grau de Risco

Tipo de obesidade

18 a 24,9

Não há (Saudável)

Não há

25 a 29,9

Moderado

Sobrepeso

30 a 34,9

Alto

Obesidade Grau I

35 a 39,9

Muito Alto

Obesidade Grau II

40 ou mais

Altíssimo

Obesidade Grau III (Mórbida)


A Circunferência Abdominal é facilmente medida por fita métrica na cintura (sobre o umbigo).



Risco Aumentado

Risco Muito Aumentado

Homem

>94 cm

>102 cm

Mulher

>80 cm

>88 cm


Causas:


» Distúrbios na alimentação

» Sedentarismo

» Alterações hormonais (stress)

» Genética



Tratamento:


O tratamento inclui uma diminuição na ingesta das calorias, independente do restante da conduta a ser tomada. Esse procedimento pode necessitar de suporte emocional ou social, através de tratamentos específicos (psicoterapia individual, em grupo ou familiar).

Atividade física apresenta uma série de benefícios para o paciente obeso, melhorando o rendimento do tratamento com dieta. A realização exercícios regulares, deverão ser feitos pelo menos de 30 a 40 minutos, ao menos 4 vezes por semana, inicialmente leves e a seguir moderados.

Para o tratamento medicamentoso, procure a melhor opção com seu médico!

 

Prevenção:


Uma dieta saudável deve ser sempre incentivada desde ainfância, evitando-se que crianças apresentem peso acima do normal. A dieta deve estar incluída em princípios gerais de vida saudável, na qual se incluem a atividade física, o lazer, os relacionamentos afetivos adequados e uma boa estrutura familiar. No paciente que apresentava obesidade e obteve sucesso na perda de peso, o tratamento de manutenção deve incluir a manutenção da atividade física e de uma alimentação saudável sempre. Esses aspectos somente serão alcançados se estiverem acompanhados de uma mudança geral no estilo de vida.


Fonte: Manual Merck


Atendo consultas particulares e os seguintes convênios:

Dr. Samir Abdel Latif - Convênios
Dr. Samir Abdel Latif - Convênios

Dr. Samir Abdel Latif - 2010 | Todos os Direitos Reservados
Rua Cantagalo, 692 - Cj. 117 - 1º andar - Tatuapé - São Paulo - SP - Tel 11 3473 6942 | Fax 11 3881 6943

Desenvolvido por a50e2